22.11.16

Saúde | Adeus ginásio, até qualquer dia!

Hoje foi o dia em que tomei uma decisão que andava a adiar há muito tempo. Decidi congelar a minha matricula do ginásio. Sempre olhei para o exercício físico como sendo um momento de libertação de más energias culminando com um sentimento de paz de espírito. Contudo há muito que não andava nem a conseguir libertar as más energias nem a sentir esse sentimento de paz que se segue a um treino bastante puxado e suado. 

Desde Junho que ando a lidar com um problema de saúde que parece não ter fim à vista. Começou com uma dor intensa e continuada num sítio muito especifico da mama. Não se sentindo nada de alarmante o médico que me examinou na altura optou por me mudar a pílula. Se no mês seguinte me senti melhor no outro as dores voltaram a triplicar. Deixou de ser uma dor localizada passando a ser uma dor que viaja entre a mama, o ombro, a axila e o braço até à zona do cotovelo deixando-me em dias maus incapaz de cozinhar, cortar legumes e de fazer os meus bolos. Deixou de ser uma dor chata para ser uma dor que me deixa incapacitada de fazer o que gosto e de trabalhar naquilo que realmente me faz feliz. Tudo isto mais o facto de não conseguir fazer exercício sem que a situação piorasse instantaneamente fez com que eu senti-se menos vontade de vir aqui e talvez esse tenha sido o principal motivo que me manteve tantos meses afastada deste pequeno mundo. 

Em Setembro tive uma consulta de urgência marcada pelo médico de medicina geral na Breast Clinic. Pensei que fossem fazer exames mais específicos já que toda a carta que recebi antes da consulta era tudo menos tranquilizadora, mas afinal só fizeram o exame da apalpação mamária. Mais uma vez a médica não sentiu nada de alarmante a não ser um inchaço na zona do peito dizendo por fim que lhe parecia ser um problema entre músculo e cartilagem causado provavelmente pelo exercício e que passaria com o uso do soutien 24 horas por dia e de uma pomada que poderia comprar em qualquer farmácia sem receita médica. 

Não passou e para a semana vou ao médico novamente. Já falei com várias pessoas daqui acerca deste assunto e todas me disseram o mesmo: que se não for eu a pedir para fazer exames que a situação vai continuar a arrastar-se precisamente por nenhum dos médicos sentir nada de alarmante. Isto deixa-me tão frustrada: como assim tenho de ser eu a pedir para fazer exames? Mais um bocadinho e também querem que eu faça toda uma pesquisa acerca do tipo de exames que preciso de fazer, não? 

8 comentários :

  1. Que estranho! Ao menos sabes que não é nada alarmante, mas ainda assim é estranho não fazerem exames. As melhoras!

    ResponderEliminar
  2. Oh querida espero que fiques boa rapidamente! As melhoras!

    ResponderEliminar
  3. As melhoras :)
    Sossega, já tens várias opiniões no mesmo sentido :)

    ResponderEliminar
  4. Muito estranho teres de ser tu a pedir exames. Se vires que ai nao te resolvem o problema vai a portugal e vê se es mais brm seguida. Nao sei se ajudará mas tudo vale a pena tentar.

    ResponderEliminar
  5. Pode ser benigno, daí não estarem alarmados, tens que ver todos os meses... se aumentar de tamanho ou até de "dureza" aí sim é caso de preocupação!

    Beijinhos,
    O meu reino da noite ~ facebook ~ bloglovin'

    ResponderEliminar
  6. As tuas melhoras, não desistas e tenta mesmo saber o que passa. Eu cá também devia ponderar desistir do gym bah :/

    ResponderEliminar
  7. As melhoras minha linda. Não penses no que poderá ser até teres certezas dos médicos!

    Beijinhos
    That Girl

    ResponderEliminar
  8. Espero que tudo corra pelo melhor!
    Beijinhos :)

    ResponderEliminar