2.5.16

Livros | The girls they left behind

Cotação Goodreads:4.18/5
A minha cotação: 4/5
Durante o mês de Abril li apenas um livro não porque estivesse extremamente ocupada ou cansada, mas antes porque me encontrava a ler um livro intenso e queria muito lê-lo lentamente de forma a absorver cada fragmento da história. O livro escolhido foi o The girls they left behind da escritora Lilian Harry - um livro já antigo (com cerca de 20 anos) e que relata um lado da história da Segunda Grande Guerra que apesar de conhecer nunca tinha lido nada segundo aquela perspectiva. Sabendo o titulo fica fácil saber que o livro fala num primeiro plano das mulheres que ficaram nas cidades, vilas e aldeias a cuidar dos filhos, das casas e que mais tarde acabaram por ocupar os trabalhos que apenas competia aos homens e num segundo plano surgem os homens que visitam a família depois de terem combatido durante semanas ou meses e as noticias daqueles que acabaram por perder a vida em combate.

O livro passa-se em 1940 numa pequena localidade chamada April Grove. Muitas são as mães que vêm partir os seus filhos ou para o campo de batalha ou para o campo onde acham que os seus pequenos rebentos encontrarão a segurança necessária e onde não correrão o risco de perder a vida com os vários bombardeamos que vão havendo não só em April Grove, mas um pouco por todas as cidades do Reino Unido. Betty Chapman contrariamente à vontade do seu pai decide juntar-se ao "Land Army" onde vai fazendo todo o trabalho de campo necessário para que as aldeias vizinhas continuem a receber leite e os alimentos necessários de forma a garantir a sobrevivência dos seus habitantes. É nesta fazenda que Betty conhece mais duas raparigas de quem se tornará inseparável e onde irá conhecer aquele que lhe arrebatará o coração e que lhe abalará todas as suas crenças pré-concebidas em relação à guerra. Em April Grove encontramos Olive que se casou alguns dias antes de ver o seu marido partir para a guerra; Nancy Baxter que vai dando algum conforto aos homens que ficaram e aos homens que estão prestes a partir em troca de alguns trocos enquanto o seu filho corre pelas ruas de April Grove em busca de bombas que não explodiram e outros artefactos de guerra juntamente com mais dois amigos. É ainda em April Grove que encontramos dezenas de mulheres que saem de suas casas todas as noites em que há bombardeamentos para se dirigirem aos hospitais e às ruas de forma a ajudarem a transportar e a cuidar dos feridos; é ainda o local onde vemos que os homens mais velhos mesmo não sendo chamados para combater continuam a ter como obrigação defender o local onde vivem e é ainda em April Grove que observamos que a inocência de quem ainda é criança consegue permanecer quase intacta mesmo quando tudo à sua volta está em ruínas.  

The girls they left behind foi um livro que me fez chorar em várias páginas principalmente onde de forma tão clara e precisa era-me relatado o olhar de quem saía dos abrigos e em seu redor só via destruição. No geral trata-se de um livro bastante interessante e que recomendaria a qualquer pessoa que goste de ler livros que falem sobre esta temática.  

1 comentário :