26.4.16

Pessoal | Acerca das relações humanas



Com o tempo aprendi que é preferível dizer o que tenho a dizer mesmo que a outra pessoa possa vir a ficar chateada do que permanecer calada como que à espera que a outra pessoa venha a aperceber-se, por um acto de magia ou inspiração divina, que me magoou de alguma forma. Zangas podem facilmente ser resolvidas se ambas as partes estiverem predispostas a isso enquanto que ressentimentos apenas servem para minar relações. 

14 comentários :

  1. Não podia concordar mais!! Conheço pessoas que sempre me levaram a mal por ser frontal com elas. Diziam que gostavam de pessoas sinceras mas a verdade é que preferem tapar o sol com a peneira do que ouvir as verdades. Eu cá prefiro dizer o que penso e meter logo os pontos nos is... Há quem lhe chame mau feitio. Eu chamo sinceridade.

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Há quem não goste de ouvir as verdades, mas também muitas vezes o outro lado fica ofendido não tanto pelo que dissemos, mas pelo modo e as palavras que escolhemos para o dizer.

      Eliminar
  2. Não podia concordar mais. Tenho uma máxima na vida, dormir sempre de consciência tranquila q em paz comigo. Isso traduz-se em ser sincera e directa, mesmo que custo por vezes.

    ResponderEliminar
  3. Concordo plenamente, tem que ser ambas as partes!

    ResponderEliminar
  4. É ótimo ser assim! Às vezes, fico com algum receio de dizer algo que sinto com medo de magoar a outra pessoa, mas penso sempre que é melhor ser sincera.
    Beijinhos

    ResponderEliminar
  5. Ficar calado não resolve.

    Cátia ∫ Meraki

    ResponderEliminar
  6. Tens razão, mas a grande maioria das pessoas lida muito mal com a sinceridade.

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Acho que depende muito das palavras que escolhes para dizer o que quer que seja e da pessoa em questão claro.

      Eliminar
  7. Concordo tanto! Às vezes anda tudo a trocar indiretas e o problema acaba por ficar muito maior que era de início.

    ResponderEliminar
  8. Sim tens razão. Há que haver cuidado na escolha das palavras.
    Acho que se as pessoas fossem mais genuínas nas suas relações quer de amizade quer profissionais ou até mesmo amorosas, iriam evitar muitos conflitos.

    ResponderEliminar
  9. Eu sou totalmente de acordo, mas também sei que a maioria das pessoas não está preparada para isso. Eu sou assim, sou frontal, sou sincera. Mas também sei escolher as minhas guerras. Há coisas que simplesmente não valem a pena serem discutidas e se sei que vai passar e não incomodar mais, nem me dou ao trabalho de falar. Mas, na maioria dos casos, acabo mesmo por dizer porque senão parece que rebento. Não consigo "levar desaforos para casa" nem fingir que está tudo bem quando não está. Se calhar é por isso que não tenho muitas relações próximas, mas antes poucas e sinceras do que muitas onde não posso ser eu.

    ResponderEliminar