1.3.16

My Fit Self Challenge



Março está mesmo a começar e no meio de uns quantos objectivos que pretendo cumprir ao longo deste terceiro mês do ano também pretendo ser bem sucedida no desafio proposto pela Nádia do blogue Perdida em Combate. Trata-se do My Fit Self Challenge e tal como o nome indica é um desafio que promove a saúde e bem-estar. Não se trata de todo de uma dieta, mas antes de pequenas dicas bastante simples e relativamente fáceis de seguir que nos ajudarão a sermos mais saudáveis.  

Nesta coisa do "ser-se saudável" há quem ache muito mais fácil manter uma alimentação saudável do que sair de casa e praticar algum exercício físico e depois há quem ache exactamente o oposto. Já não é a primeira vez que o refiro aqui no blogue, mas a prática de exercício nunca foi, para mim, um drama, o problema está antes em manter uma alimentação saudável a tempo inteiro. Digo a tempo inteiro porque o meu problema sempre esteve nos intervalos das refeições. Foi precisamente por esse motivo que há alguns meses atrás decidi consultar uma nutricionista para que conseguisse arranjar um plano que me permitisse comer ao longo do dia de forma saudável sem que tivesse/ sentisse vontade de comer chocolate ou bolachinhas. Naquela altura estava a passar por uma fase em que se começasse a comer um chocolate, por exemplo, só deixava de o comer quando este acabasse. Agora já não sou assim: primeiro porque evito ter chocolates e outros doces em casa já que a forma mais fácil de não os comer é não os ter; segundo porque passei a seguir à risca (umas vezes mais do que outras) o plano alimentar que me foi passado; terceiro o corpo acaba por se habituar e o vicio vai-se acalmando. Sim, que isto dos doces é mesmo um vicio. Contudo ainda não é fácil resistir às pequenas tentações do dia a dia e foi precisamente por isso que decidi participar no desafio proposto pela Nádia porque quando somos muitos (cliquem aqui para saberem quantos somos exactamente) a fazer o mesmo acaba não só por parecer mais fácil como também acabamos sempre por ficar com um grau de motivação completamente diferente. Mais alto, claro.

Falando do desafio em si. Aposto que estão curiosos por saber quais são as dicas da Nádia, não estão? O My Fit Self Challenge consiste em 13 pontos e são os seguintes:


- Trocar o pão branco por pão integral ou de sementes; (Já o faço. Aliás, raramente compramos pão branco.)
- Reduzir o consumo de sal (lima, limão e ervas aromáticas são excelentes alternativas); (Faço isto desde sempre. A minha mãe sempre cozinhou com pouco sal, fui habituada assim e assim continuo.)
- Reduzir o consumo de azeite; (Só uso o estritamente necessário.)
- Substituir o açúcar branco pelo mascavado;
- Eliminar (ou reduzir ao máximo) a ingestão de fritos; (Já nem me lembro da última vez que comemos alguma coisa frita, mas normalmente só o fazemos uma vez por mês e às vezes nem isso.)
- Eliminar (ou reduzir ao máximo) o consumo de junk food; (Sextas são sinónimo de pizza e não tenciono mudar isso, mas pretendo reduzir ainda mais nos doces.)
- Aumentar as doses diárias de fruta e legumes; (Ainda mais?)
- Jantar entre as 18h e as 20h (quanto mais cedo, melhor); 
- Se tiveres fome antes da hora de dormir, opta por uma peça de fruta; (Normalmente não sinto fome, mas quando sinto como um iogurte natural com sementes. A fruta deixa-me com demasiada energia se a comer à noite.)
- Beber, pelo menos, 1,5L de água por dia (podes descarregar a app Water Your Body, que calcula a quantidade necessária para o teu peso e altura);
- Manter bons hábitos de sono; (Durmo quase sempre como um anjinho a não ser que esteja com problemas de ansiedade ou que algo me esteja a preocupar.)
- Fora de casa, levar sempre um snack leve para evitar lanches menos saudáveis; (Também já o faço.)
- Fazer meia hora de exercício diário e aproveitar cada oportunidade para nos movermos (caminhar sempre que possível, usar escadas, etc). (Também já faz parte do meu dia-a-dia.)


Fácil, não é?)
A verdade é que já cumpro a maior parte destas dicas (como viram nos parênteses que fui pondo ao lado das dicas), no entanto decidi mesmo assim fazer parte do desafio porque há alguns aspectos da minha alimentação que precisam de ser limados. Ainda me é difícil optar por comer um pão com fiambre em vez de barra-lo com chocolate ou com geleia ou com manteiga; Ainda não consegui livrar-me das minhas duas bolachas tipo Maria que como todos os dias; Quando não vou ao ginásio dificilmente consigo beber 1,5L de água; Raramente janto antes das 20h e durante a semana é mesmo impossível fazê-lo. Apesar de serem coisas pequenas e que podem parecer insignificantes são coisas que fazem com que os resultados demorem mais tempo a aparecer, que a celulite apesar de estar a diminuir continue agarrada que nem lapa e que a minha barriga ainda não esteja completamente lisa. Março vai ser um mês desafiante, mas tenho a certeza absoluta que no fim valerá a pena. 

6 comentários :

  1. Já faço muitas coisas e afinal até estou no caminho certo ;) força linda *

    ResponderEliminar
  2. Força Raspberry! Vai ser incrível fazermos isto todas juntas :)

    ResponderEliminar
  3. Vamos lá a acompanhar e ver a evolução! =)

    ResponderEliminar
  4. Sou completamente o oposto, não me custa manter uma alimentação saudável, já o exercício... mas agora que comecei a fazer (um passeio [detesto a palavra caminhada, ahah!] de manhã e treino ao final do dia) já reconheço as vantagens. Sentimo-nos melhor mesmo antes de o corpo começar a mudar!

    ResponderEliminar
  5. boa sorte :) acho que a sensação que terás no final vai compensar todos os esforços
    beijinhos

    http://umacolherdearroz.blogspot.pt/

    ResponderEliminar