28.11.15

Livros | Da desilusão

Querido Ken Follett, 

ao fim de dois meses e meio consegui ler as 1004 páginas do terceiro volume da trilogia "O Século" e foi horrível e extremamente penoso. Doeu perceber que afinal és como o mais comum dos mortais e também falhas. Doeu ver as minhas expectativas que eram extremamente altas caídas por terra e a culpa foi toda e irremediavelmente tua. Sim, toda tua porque como tua fiel leitora habituaste-me a um certo nível de leitura que nada tem a ver com aquele que encontrei no Edge of Eternity (No Limiar da Eternidade em Português). O que aconteceu? Conta-me lá o que aconteceu para que me apresentasses personagens tão vazias e tão... eu sei lá. Como é que de personagens tão bem construídas que encontramos ao longo dos dois primeiros livros (Queda de Gigantes e o Inverno do Mundo) depois crias estas? Porquê que elas têm de se enrolar todas umas com as outras? Não havia mais ninguém interessante no Planeta? Já para não referir o facto de que por causa de tanto drama amoroso os eventos Históricos referentes à Guerra Fria e à queda do bloco soviético acabaram por se perder. Porquê que depois de dois livros absolutamente brilhantes decidiste dar mais importância às personagens e cagar na História propriamente dita? Desculpa-me a linguagem, mas foi exactamente isso que fizeste e olha que não me sinto capaz de te perdoar! Pelo menos não neste preciso momento. Já agora que merda foi aquela que aconteceu no Líbano que não percebi a que propósito veio se depois não exploraste mais nem explicaste decentemente por que raio as coisas aconteceram daquela forma? Foi só para dizer que o Presidente Ronald Reagan era um estupor de um assassino?! Havia outras coisas que gostava de saber, mas olha o que está feito feito está e por mais explicações que me desses eu ficaria na mesma: desconsolada e frustrada por teres editado este livro que está mesmo ali no limiar da merda e que realmente demora uma eternidade para que se consiga acabar de ler. 

Até um dia destes,
Raspberry. 

9 comentários :

  1. há escritores que acabam por nos desiludir e muito

    ResponderEliminar
  2. Não gosto nada quando um livro me desilude :o

    ResponderEliminar
  3. é muito mal quando chegas ao final do livro e depois... puff, é uma porcaria :s

    ResponderEliminar
  4. Nunca li nada dele. Mas eu acho que há autores que são como certas bandas/músicos: quando a fama lhes sobe à cabeça deixam a sua essência e aquilo que faz com que se destaquem positivamente e tornam-se meramente comerciais

    ResponderEliminar
  5. Nunca li nada desse autor mas a minha avó é fã. Tenho de lhe perguntar o que achou desse livro ;)

    Beijinho*

    ResponderEliminar
  6. Eu ando a adiar esta leitura há muito tempo e, depois da tua crítica, vai continuar sem estar na ,minha lista de prioridades.
    Gosto muito do autor, mas já fiquei descontente com ele uma vez ou outra.

    ResponderEliminar