20.11.15

Actualidade | A 20 de Outubro de 2015, em Portugal, torna-se legal a adopção por casais do mesmo sexo!


Haverá sempre quem continue a achar que a homossexualidade é uma doença e continuará a haver quem pense que é contra a natureza uma criança ter dois pais ou duas mães, mas hoje isso pouco importa. O importante é que hoje se deu um passo em frente no que diz respeito à igualdade e à liberdade. Hoje fez-se história. 

12 comentários :

  1. Estou muito feliz por esta noticia =)

    ResponderEliminar
  2. Finalmente, já não era sem tempo. O importante é dar uma casa e amor as crianças que por algum motivo foram abandonadas pelos pais biológicos.

    ResponderEliminar
  3. fiquei verdadeiramente surpreendida quando vi isso :)

    ResponderEliminar
  4. Não entendo como existem pessoas que chamem "porcalhice" e "badalhoquice" à homossexualidade, como aconteceu quando a lei saiu e foi parar às redes sociais. Ainda há mentes muito retrógradas, pequenas, que nunca contribuirão para a evolução das coisas. Foi de facto uma medida que eu aplaudo e sempre irei aplaudir.

    ResponderEliminar
  5. Finalmente conseguiu-se mudar algo! Acredito que, aos poucos, as pessoas vão ganhando mais consciência :)

    ResponderEliminar
  6. Custou mas foi
    Beijo, A

    http://imnotrebel.blogspot.pt/

    ResponderEliminar
  7. Há quase quatro anos abordei este assunto, uma vez que ia ser proposta na assembleia a possibilidade de casais homossexuais poderem adoptar crianças. Na altura a proposta foi chumbada. Quatro anos. (Deixo aqui o link se quiseres ver: http://words-a-la-carte.blogspot.com/2012/02/porque-nem-todos-somos-assim-tao-iguais.html).

    Ter uma família deveria ser um direito. Supostamente é um direito. Não entendo é porque não o é para todos. E não estou a falar somente nos casais, mas também das crianças. Sobretudo das crianças. ****

    ResponderEliminar
  8. Já não era sem tempo :) Fiquei muito contente!!

    ResponderEliminar
  9. Sem dúvida um grande passo no nosso país... Ainda que seja como tu digas e que haja mil pessoas ignorantes que achem que ter crianças institucionalizadas é melhor -.-
    Beijinhp

    ResponderEliminar