14.6.15

Viver no Reino Unido | Acerca das pessoas com quem me cruzo


Adoro estes jantares que fazemos ora em casa de uns ora em casa de outros; ora só com Portugueses ora com Portugueses e outras pessoas de outras nacionalidades; ora às sextas-feiras ora aos sábados à noite; ora até à meia noite ora até às três quase quatro da manhã; ora com muito vinho ora regados a coca-colas; ora com bolo ora com vários bolos. Simplesmente adoro. Faz-me sentir menos sozinha no meio desta gente toda que não conheço e que ainda me é estranha e de uma certa forma faz-me sentir como se por momentos estivesse em Portugal. De uma forma muito simples gosto muito dos Portugueses que por aqui conheci. São do Norte, por isso só podiam ser boas pessoas (não que os do Centro/ Sul e ilhas não sejam, atenção!)

20 comentários :

  1. Mau maria, eu sou do centro :P
    Mas é bom existirem pessoas com quem sair e conviver :)

    ResponderEliminar
  2. É uma boa forma de te ires adaptando :)
    Eu acho as pessoas do Norte muito mais acolhedoras e mais simples :)

    ResponderEliminar
  3. Ainda bem que vais convivendo e divertindo.

    ResponderEliminar
  4. Já ia dizer, mau mau .. eu sou da Madeira e vivo em Londres e adoro! Não sou é lá muito fã das comunidades de Portugueses por já ter passado por más experiências... não generalizando atenção!

    Ana, A Policromia
    A Policromia no Facebook

    ResponderEliminar
  5. É óptimo quando vamos para um sítio longe do nosso meio, ter alguém com quem estar. Eu sou do centro, mas tenho de concordar contigo. As pessoas do norte são muito mais acolhedoras e amáveis no que toca a estes assunto :)

    ResponderEliminar
  6. Mesmo não conhecendo as pessoas tens sempre aquele ambiente de «casa» :)

    ResponderEliminar
  7. Que bom que conseguiste encontrar aí uma pequena comunidade que te leva Portugal para mais perto :)

    ResponderEliminar
  8. Descobri agora o teu blog e confesso que com este primeiro post que li já me conquistaste... Por dois motivos:
    1º porque ADORO LONDRES! (há uma hashtag no blog sobre as minhas viagens a Londres)
    2º porque eu e o namorado estamos a ponderar ir para aí trabalhar... (shhhiu é segredo)

    Vou ver mais :) e seguir :)
    beijinho*

    ResponderEliminar
  9. Cá estou de novo!
    Estive a ler os posts da tua etiqueta Emigrar pois como te disse no meu primeiro comentário estou com ideias de ir para Londres com o namorado…
    O primeiro post é fantástico e capaz de ajudar muita gente!
    No meu caso… Tenho muito medo de não conseguir exerver por um motivo… Trabalho na área da educação, da formação de adultos… E estudei as regras portuguesas e tudo como deve de ser em Portugal! Tenho uma experiência vasta, mas tenho medo que não me valha de nada. Na verdade estou mentalizada para ir trabalhar para o supermercado ou para as limpezas… Seja como for qualquer coisa é melhor do que ganhar 500€ em Portugal… Relativamente aos certificados (quer da licenciatura quer do mestrado) já tratei de os pedir em Inglês… A única coisa que não tenho em Inglês é o Certificado de Competências Pedagógicas (basicamente o que me habilita a dar formação), achas que deveria ter?

    ADOREI os posts! Super úteis para quem tem a ideia de ir :)
    Um beijinho*

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Obrigada :) Fico feliz por saber que fui útil de alguma forma.

      Se pretendes encontrar trabalho aqui no Reino Unido na área da educação terás de pedir o QTS (https://www.gov.uk/qualified-teacher-status-qts) que é o documento oficial que te dirá se as qualificações que tens são ou não válidas cá.

      Quanto ao certificado de competências pedagógicas acho que sim, que deverias traduzi-lo para Inglês.

      Beijinho.

      Eliminar
  10. Olá a Todos.

    Em vez do QTS devem utilizar o termo GCSEs e o Link da qual já foi postado por mim, mas parece-me que ninguem deu a devida importancia, qualquer das formas vou deixar um ultimo comentário (sob a forma de ajuda).
    Evitem de utilizer o site do "gov.uk" para obterem essa informação, aqui no Reino Unido é o Departamento da Educação e sempre através do NARIC (naric.org.uk/teach) "overseas equivalent" que podem solicitar, comparer, avaliar ou concorrer para a area da educação. Se voçes utilizarem o site "gov.uk" poderam facilmente ficar perdidos e/ou utilizarem links que vos colocam questões ou informações que PODEM NÃO ser as indicadas para vós. Mesmo para os que já possuem alguma experiencia em utilizarem o GOV web site não chegam a lado nenhum. Esse web site não é indicado para imigrantes recentes e tambem para os imigrantes que já têm alguns anos de GB mas não dominem o verdadeiro INGLÊS não Americano. Para terminar vou deixar-vos uma pergunta : Voçes sabem quantos sotaques/dialetos existem! note; que esses sotaques também possuem expressões, significados diferentes e também são escritos de maneiras completamente diferentes entre as varias regiões Britanicas com distancias que podem ser só de 30klm. (Tipo: Cockney, Estuary, West Country, Midlands, Northern England, Geordie, Welsh, Scottish e não estou a falar todos incluindo as regiões mais pequenas ex: East Anglia, Urban Cardiff, Cornish English, Northumberland, etc) voçes sabem quantos existem?

    Dica: Não vejam séries televisivas ou até mesmo filmes, em vez disso leiam bons livros aprendem mais, melhor e com mais facilidade.

    Bem Haja e BOA SORTE.

    RS

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Olá Rui,

      Obrigada pelos seus comentários (é normal que as restantes pessoas possam não ter visto os outros comentários que foi deixando no dia de ontem porque é altamente provável que só um número reduzido de pessoas ande a consultar publicações antigas). Agradeço também pelos vários links que foi deixando que serviram para complementar alguma da informação que eu dei. Quanto ao QTS apenas falo dele porque foi esse documento que tive de preencher quando coloquei a hipótese de continuar a dar aulas aqui. Não temos de gostar todos do mesmo, mas pessoalmente gosto bastante do site GOV.UK. Toda a informação que precisei encontrei-a lá e volta e meia sempre que preciso de saber alguma coisa também é lá que encontro, mas também sempre ouvi dizer que o wikipedia não era de fiar e no entanto sempre foi lá que encontrei informação útil e clara referente a matérias que ia estudando enquanto estudante.

      Quanto aos sotaques é bem verdade e já aqui falei disso porque foi dos maiores choques que senti quando aqui cheguei, mas se ler é importante treinar o ouvido também o é (mesmo que o sotaque que se encontre fora de Londres seja totalmente diferente) quanto mais não seja para se saber pronunciar as palavras correctamente. .

      Bem haja!

      Eliminar
    2. Olá Raspberry

      Peço desculpa se não me fiz entender e sem querer ferir susceptibilidades, o web site do GOV.UK não possui mecanismos dinâmicos para resolução ou intrevenção interna e/ou externa do dominio publico. Por esse motivo indiquei como exemplo o web site OFICIAL para a Educação onde, neste mesmo web site, voçe irá verificar de que necessita de outros documentos LEGAIS como DBS check (antigo CRB), nenhum cidadão aqui na GB pode exercer funções de character Publico como por exemplo "Lecionar legalmente" sem possuir esse precioso "DBS" e, no web site "GOV.UK" para a área que voçe indicou não existe qualquer referencia para o efeito. Por esse motivo eu, julgo entender pelo seu comentário que voçe possui só metade ou talvez menos, dos documentos necessarios para concorrer a uma ocupação laboral desse nível. O que, e caso venha a necessitar de efectuar elementos de prova voçe, se depare com algumas barreiras, das quais em alguns casos podem fazer com que voçe desista dada à complexidade.
      Também não se trata de gostos, preferencias ou idologias pessoais, trata-se de integração social "Knowhow", Direitos e Responsabilidades, se por um lado os Portugueses consideram os Britânicos pouco cultos e desinteressados, por outro lado temos "Os Ingleses" como uma sociedade únida de dificil penetração para a maior parte do estrangeiros incluindo Portugueses. Deixo aqui uma questão, Será que são os Ingleses uma sociedade pouco culta ou, somos nós "Portugueses" que temos dificuldades de intrepetação social (não conseguimos descirnir o falso do verdadeiro) !...

      Web site interessante que eu aconselho a visitar: "National Archives" http://www.nationalarchives.gov.uk/

      Para terminar quero desejar a todos vós felicidades.

      Agradecidamente
      Ruver (RJCS)

      PS: Não é necessario vir aqui todos os dias para verificar se existe respostas a comentarios ou se existe novos comentarios, basta selecionar a caixa "Notificar-me".

      Eliminar
    3. Olá Rui,

      fez-se entender muito bem na primeira vez que aqui deixou o comentário.

      O QTS é a primeira coisa que qualquer cidadão português que tencione leccionar cá deve pedir pois vai ser a resposta a esse formulário que vai dizer-lhe se tem ou não as qualificações necessárias para trabalhar como professor aqui e é algo que se pode fazer estando-se ainda em Portugal o que é óptimo! Obviamente que sei que é necessário ter-se o DBS para qualquer trabalho ligado à educação ou que se esteja em contacto com crianças, pessoas com deficiência, idosos, etc., assim como também é necessário ter o National Insurance Number e abrir conta num banco de cá (falei disso nas publicações que viu), mas qual o interesse de se fazer tudo isso sem antes se saber se se pode ou não leccionar cá?

      Não sei o que quer dizer quando diz que nós portugueses não conseguimos discernir o falso do verdadeiro, mas sei que quando aqui disse que os Ingleses não eram muito cultos também fiz questão de referir que apenas falava dos Ingleses com quem me cruzei até agora e esses não, não eram muito cultos. Contudo, assim como nem todos os Portugueses são iguais também os Ingleses não devem ser.

      PS: Também sei disso, mas calculo que nem todas as pessoas que aqui comentam seleccionem essa caixa, por isso não se sinta tão irritado quando acha que ninguém leu as respostas que foi deixando a outros leitores.

      Eliminar
  11. Estes jantares no fim da semana sabem sempre bem em qualquer parte do mundo :)

    Isa,
    http://isamirtilo.blogspot.pt/

    ResponderEliminar
  12. Adoro esse tipo de programas. Até para mim, que estou em Portugal e vejo os meus amigos e família regularmente, jantares com gente bem disposta são um paraíso no meio de semanas complicadas e atarefadas!

    ResponderEliminar
  13. Eu sou do norte, estou a viver em Londres e acho que os nortenhos são uns fofinhos :D e olha que no meu grupo de amigos, é tudo de Lisboa e centro! Fazemos esses jantares e somos todos uma mini família, é muito bom :D

    Visita o meu blog, também sobre Londres e outras coisas! http://bittersweetlondon.blogspot.co.uk/

    ResponderEliminar