2.4.15

Emigrar | O que devo fazer antes de ir?



Se têm uma licenciatura e estão preocupados com a possibilidade de ela não ser reconhecida no Reino Unido ou em outro país da União Europeia relaxem. Desde que Bolonha entrou em vigor que todas as licenciaturas tiradas no espaço da União Europeia são reconhecidas nos países que dela fazem parte. O problema em si reside naquele tipo de licenciatura em que para que esta possa ser exercida o profissional tem de fazer parte de uma ordem como é o caso da área de direito, engenharia, arquitectura, saúde e etc. 

A primeira coisa a fazer em relação à licenciatura e a todos os graus que possam ter como mestrado e ou doutoramento é dirigirem-se ao local onde obtiveram esse grau e pedir todos os certificados em Inglês mais o respectivo suplemento onde vem todas as cadeiras que tiveram ao longo dos anos (para quem já concluiu os estudos, calculo que saiba do que falo). No meu caso, cada certificado custou 15€, mas calculo que o preço dependa de instituição para instituição. 

Vou ser sincera e digo-vos que realmente não sei como a coisa se processa para todas as áreas, mas para quem procura emprego na área do ensino no Reino Unido a segunda coisa a fazer é preencher o formulário para obter o QTS (Qualified Teacher Status). Para mais informações acerca deste processo e para terem acesso ao formulário dirijam-se aqui. Se têm dúvidas ou se antes de fazer o quer que seja preferirem falar com portugueses que se encontram a trabalhar como professores aqui no Reino Unido aconselho-vos a pedirem para fazer parte do grupo "Professores Portugueses no Reino Unido" no Facebook onde poderão encontrar mais informações e documentos importantes. Para profissionais de outras áreas penso que poderão encontrar muita da informação que precisam se pesquisaram neste site

Ainda em Portugal algo que aconselho vivamente a fazerem é a tirarem o passaporte. O Reino Unido faz parte da União Europeia, mas às vezes parece que se esquecem disso e pedem o passaporte e fazem birra e insistem que o vosso cartão de cidadão não é suficiente para abrirem uma conta no banco, por exemplo. Por isso se não se estão para chatear tirem o passaporte porque quem sabe se um dia até não se revelará útil para quando quiserem viajar para outro país onde este seja realmente necessário. Tirar o passaporte não é propriamente barato: o preço normal é de 65€ e demora cinco dias úteis e o urgente é de 95€. Consultei os preços aqui já que não me lembrava muito bem de quanto tinha pago. Não precisam de visto, uma vez que tanto Portugal como o Reino Unido fazem parte da União Europeia. 

Se têm conta num banco português não façam como eu fiz. Na altura fiquei muito chateada com a situação toda de ter de emigrar que não quis ter mais nada em Portugal e fechei a minha conta. Se querem fechá-la tratem de ir o mais rápido possível ao vosso Banco para pedirem o resgate do vosso dinheiro, mas lembrem-se que quando forem a Portugal dá sempre jeito ter lá uma conta para não terem de andar sempre a comprar Euros como eu. Se o país para o qual pretendem emigrar tiver uma moeda diferente do Euro como é o caso de Inglaterra não se esqueçam de ir a uma casa de cambio para comprarem libras ou coroas suecas ou lá o que for o mais rápido possível. Façam uma pequena pesquisa das várias casas de cambio da vossa zona e vejam qual é aquela onde conseguem comprar mais por menos euros. 

Outra coisa importante para fazerem antes de partirem é pedir o vosso registo criminal. Não sei se agora existe a possibilidade de o pedirem em Inglês, mas na altura em que pedi o meu não havia e tive de ir ao notário traduzi-lo e paguei quase 30€ pela tradução de uma página e meia! Tanto o passaporte como o registo criminal podem ser pedidos numa qualquer loja do cidadão. Se vivem na zona Vila Nova de Gaia / Porto a do Arrábida Shopping revelou-se bastante rápida na altura em que precisei de fazer estas coisas.  

Por último, não se esqueçam de ver se têm as vacinas em dia e caso não as tenham tratem disso e tragam o boletim de vacinas convosco (entretanto lembrei-me que deixei o meu em Portugal na última vez que lá fui) e não se esqueçam de tirar o Cartão Europeu de Seguro de Doença. Para mais informações acerca deste cartão e de como o podem obter vejam aqui

Se têm casa em Portugal em vosso nome, se descontam em Portugal, se estão a receber o subsidio de desemprego e querem continuar a recebê-lo estando no Reino Unido não sei como se faz porque na altura não tive de me preocupar com isso, mas também têm de tratar de todas essas coisas enquanto estão em Portugal.  

Espero que esta publicação vos tenha sido útil. Por enquanto não me lembro de mais nada que tenham mesmo de fazer em Portugal antes de partirem, mas caso surja mais alguma questão acerca deste assunto sintam-se à vontade para perguntarem. 

[Publicações relacionadas: Emigrar | A tomada de decisão]

12 comentários :

  1. Boas dicas querida, estou a adorar estes posts, estão a ser muito úteis :)

    ResponderEliminar
  2. Emigrar não é fácil, felizmente não tive de me preocupar com tantas coisas.

    ResponderEliminar
  3. Foi muito útil.. Algumas coisas eu já sabia.. pagaste 30€ pela tradução. existe uma empresa de recrutamento que pede 100€ para o advogado fazer isso. Espero que o solicitador possa.
    Por acaso pensava que só era necessário do certificado de conclusão de curso em inglês (já pedi o meu).. eu tenho o suplemento mas em português..

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Sim o meu só veio em Português.. se não me engano chama-se certificado descriminado (cada escola cada nome :P) e tem as cadeiras que tive + as notas que tive.. Mas a média não bate certo porque a minha escola aumenta 0.5v por ano a quem não faz melhorias e faz os créditos todos :P ou seja tive um aumento de 1.7v na nota no final

      Eliminar
  4. Explica-me. Tu estás no Reino Unido a trabalhar?

    ResponderEliminar
  5. Ótimas dicas, agradeço-te desde já! Sei que no futuro vou voltar a ler este post x)

    ResponderEliminar
  6. Não fazia ideia que o passaporte fica tão caro! :o

    ResponderEliminar
  7. Sem dúvida que é um post bastante informativo :)

    ResponderEliminar
  8. Olá a todos.

    Para Além do que foi escrito no post da Raspberry acrescento o seguinte:

    1) NUNCA venham só com o BI, devem trazer o Passporte. (Dica: O consulado Português ainda possui um funcionamento deficiente em certas áreas, gostaria no entanto de saudar os funcionários que lá trabalham incluindo Joana Gaspar pelo extraordinário esforço que têm vindo a exercer, penso que o longo caminho que têm de procorrer passa mais pelas sinergias do governo central (PT) e não tanto pelo consulado).

    2) Tragam também o vosso Registo Criminal Narrativo Internacional (aqui chamava-se CRB "Criminal Records Bureau" e agora chama-se DBS checks "Disclosure and Barring Service" ) aqui custam entre £44 e £85. Poderam questionar-se, porque necessito de DBS checks ? A razão deve ao facto de voçe concorrer para um emprego publico (ex: Clinicas, Hospitais, casas de saúde etc), ou que necessite de lidar directamente com crianças, pessoas deficientes, Delinquentes ou idosos voçe irá precisar de um. Apesar dos CRB/DBS serem controlados pela policia e pelos serviços de estrangeiros e fronteiras aqui no Reino Unido eles, os DBS, são emitidos por entidades independents. Não pretendo dizer com isto que voçe não consiga arranjar trabalho, sim, claro que pode arranjar trabalho serve apenas para os "Ingleses" saberem que voçe não é um(a) criminoso(a) e que de certa forma podem confiar em si, para além disso eles podem exigir-lhe o DBS e está consagrado na lei. Se desejarem saber um pouco mais sobre o que é e para que serve! usem este Link: http://www.guysandstthomas.nhs.uk/careers/your-application/dbs/dbs-faqs.aspx ).

    3) Para obterem as equivalencias (Tabela comparativa) dos cursos sejam eles com nivel de Bacharelato, Licenciatura, MBA's, Pós-Douturamento etc) sigam este link : ( http://ecctis.co.uk/NARIC/individuals/Compare%20Qualifications/Statement%20of%20Comparability.aspx ).

    4) Caso não tenham disponibilidade financeira para traduzir os vossos certificados, existe aqui no Reino Unido, instituições sem fins lucrativos que vos podem ajudar. Obviamente que não irei disponibilizar a extensa lista e também por que é variavél de acordo com a região onde voçe estiver a residir.

    Um pouco sobre mim:
    Dada a minha posição como 'Trustee' em varias organisações nas regiões de Worthing até Brighton & Hove (West Sussex).
    Possuo uma vasta experiencia quer, professional, quer académica bem como social e cultural da comunidade Inglesa e/ou BME's da qual possuimos relação directa que conta já com 28 países. Esta é a razão pela qual estarei disposto a ajudar-vos desde que esteja dentro do meu humilde alcance, seja para os que pretendam vir para o Reino Unido, quer para os que já cá se encontram.

    Nota: BME's significa "Black and minority ethnic groups" o que significa aqui no Reino Unido todos os individuos que não sejam "White British", por exemplo Ingleses Negros, Portugueses, Chineses, Africanos, Espanhois, Italianos, Alemães, Americanos (Negros ou Brancos) em suma TODOS OS QUE NÃO SEJAM GENUÍNOS INGLESES.

    Bem Haja
    RS

    ResponderEliminar
  9. Olá, este post foi bastante útil! Enviei-lhe uma mensagem através do formulário que agradecia se retornasse.
    Parabéns pelo blog! Muito Bom
    Reg.

    ResponderEliminar