23.1.15

Sociedade | "Mulheres reais"

Incomoda-me um bocado este conceito de "mulher real". Não, desculpem. Não me incomoda um bocado nem me incomoda ligeiramente. Incomoda-me muito e deixa-me ligeiramente irritada sempre que ouço alguém dizê-lo ou sempre que o encontro escrito em algum sítio. 

"Mulher real" um conceito que surgiu para estabelecer uma diferença entre as modelos e as outras mulheres sendo que as últimas são consideradas como sendo mais reais do que as primeiras, mas são mais reais por-quê? Porque têm mais curvas, mais celulite, porque têm mais gordura aqui e ali e porque não têm uma barriga totalmente lisa? Bem, então o que dizer acerca daquelas mulheres que não têm celulite, que têm uma barriga lisa, que não têm gorduras aqui e ali e que mesmo assim não são modelos? São ou não são "mulheres reais"? E as que são naturalmente magras? E as que são todas fit e têm abdominais definidos, umas pernas tonificadas e um rabo de fazer inveja a qualquer um? São ou não são reais? 

Questiono-me se o iluminado que criou este conceito de "mulher real" saberá a definição de real. Por real entende-se algo que tenha existência física e assim sendo não vejo como se poderá afirmar que uma modelo é menos real do que as não modelos. Para mim, são todas mulheres reais na medida em que existem com os seus diferentes corpos e diferentes personalidades e para ser sincera acho um pouco ofensivo considerar algumas mulheres "mulheres reais" e outras não. Assim como acho ofensivo dizer a alguém "ai coitadinha, estás tão magrinha. Qualquer dia desapareces!" ou "já era altura de fazeres uma dieta, não achas? Daqui a nada já não andas, rebolas!" e há quem não tenha a mínima noção de que ambas as acusações são isso mesmo: acusações e juízos de valor que vão de alguma forma afectar a forma como a outra pessoa se vê.   

Acho que algumas pessoas ainda não perceberam ou então não querem perceber que as modelos só têm aquele tipo de corpo porque é o que lhes dá trabalho. As modelos são pessoas pagas para terem o corpo como as marcas o desejam. As modelos são modelos porque querem. Nem todas as modelos são saudáveis, mas há outras tantas (pasmem-se!) que o são. Assim como há mulheres que não são modelos que são saudáveis e outras não independentemente do tipo de corpo que tenham.

Agora dizer que umas são "mulheres reais" e outras não acho simplesmente parvo. Já alguma vez se questionaram acerca do porquê de não se ouvir falar de "homens reais"? Pensem nisso.


7 comentários :

  1. Só se pode estabelecer diferenças entre a mulher real (de carne e osso) e as bonecas insufláveis constantes dos catálogos das Sexshop. ahahahah

    ResponderEliminar
  2. Palmas! Aqui está a minha opinião. Não diria melhor.

    ResponderEliminar
  3. r: obrigada por me informares, algo de errado se está a passar com as minhas publicações :/

    Não diria melhor!!

    ResponderEliminar
  4. Sempre achei absolutamente ridículo também! Eu sempre fui muuuito magra desde pequena e na adolescência (e como eu há muitas mulheres e homens assim) e comia tudo o que possas imaginar, comia imenso e sempre fui saudável mas a maioria das pessoas achava sempre que eu devia conter-me muito para não comer e faziam comentários muito pouco simpáticos nesse sentido, quando o que se passava era exactamente o contrário ou seja eu até gostaria de engordar um bocadinho só que com o meu metabolismo era impossível! Acho ridículo só porque existem muito mais mulheres "gordas" do que "magras" que se fale em mulheres reais!!
    Bj S

    ResponderEliminar
  5. Ainda no outro dia discutia o que falaste no último parágrafo, porque é que a beleza é uma característica tão notada nas mulheres e nos homens não tanto? Já ouvi pessoas dizerem "ah é inteligente, trabalhadora... mas é pouco engraçadita, coitada". O quê, mas isso define assim tanto a pessoa?

    E opiniões dessas, do género se está magra ou gorda, acontece também com outros aspectos, como por exemplo "Tens dentes tortos, não pensas em pôr um aparelho?". Nunca vou entender as pessoas que não têm qualquer pudor em criticar esteticamente uma pessoa, ainda para mais, na maior parte das vezes, nem têm assim tanta confiança com a mesma.

    ResponderEliminar